Pastoral Carcerária denuncia precariedade na cadeia de Pilar - Gil Costa em Ação
ÚLTIMAS NOTÍCIAS :
Home » , » Pastoral Carcerária denuncia precariedade na cadeia de Pilar

Pastoral Carcerária denuncia precariedade na cadeia de Pilar

Escrito por: gilberlania costa on terça-feira, 12 de dezembro de 2017 | 09:39:00


O professor pilarense Zé Airton, revelou em entrevista que a cadeia pública de Pilar atualmente conta com cerca de 53 apenados e que os mesmos não estão tendo a devida atenção quanto ao acesso à saúde. “Agravando a situação, o sistema carcerário do município de Gurinhém encaminha seus detentos para que cumpram pena no sistema prisional da nossa cidade, haja vista que o complexo prisional de lá encontra-se em reformas há mais de um ano, é preciso que as autoridades locais vejam isso”, ressalta.

Segundo Zé Airton, é preciso que a Secretaria de Saúde de Pilar intervenha no sistema carcerário local, promovendo ações básicas de saúde, assim como atua no âmbito de todo o município. “As pessoas privadas de liberdade também precisam de cuidados com o seu bem estar e é dever do Estado oferecer essa garantia com  ação efetiva dos profissionais de saúde do nosso município nesse sentido. São seres humanos que cometeram atos ilícitos e precisam pagar pelos seus crimes, no entanto, eles também precisam ter seu direito garantido, e o acesso ao serviço de saúde é um deles”, finaliza.

Zé Airton é membro da Pastoral Carcerária em Pilar, onde atua como professor e também ocupa o cargo de presidente na Fundação Menino de Engenho, além de ter várias ações voltadas para o social, entre as quais, a fundação da Capela Santo Antônio no ano de 1996, localizada no Conjunto Augusto Bernardo. Atualmente o espaço funciona como local de evangelização e propagação da fé cristã.

A Pastoral Carcerária é uma ação pastoral da Igreja Católica, vinculada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, que tem como objetivo a evangelização das pessoas privadas de liberdade, bem como zelar pelos direitos humanos e pela dignidade humana no sistema prisional. Na cidade de Pilar, a pastoral conta atualmente com três membros, e tem como objetivo a evangelização, levando ações de cidadania por intermédio das equipes da pastoral até os cárceres.

Com Tribuna





Share this article :

0 comentários:

Speak up your mind

Tell us what you're thinking... !

 
Support : A2 Comunicação Visual | Dinho Andrade
Agência Digital A2 Comunicação Visual
Copyright © 2016. Gil Costa em Ação - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Dinho Andrade