Trocolli reafirma apoio a Azevedo e diz que vai trabalhar para aliança PMDB/PSB - Gil Costa em Ação
ÚLTIMAS NOTÍCIAS :
Home » , » Trocolli reafirma apoio a Azevedo e diz que vai trabalhar para aliança PMDB/PSB

Trocolli reafirma apoio a Azevedo e diz que vai trabalhar para aliança PMDB/PSB

Escrito por: gilberlania costa on quinta-feira, 28 de janeiro de 2016 | 09:23:00



O secretário de Articulação Política do Estado da Paraíba, deputado Trocolli Júnior, reafirmou nesta quarta-feira, 27, durante entrevista à Rádio Arapuan, que apoia a candidatura de João Azevedo pelo PSB à Prefeitura de João Pessoa nas eleições desse ano. Ele enfatizou ainda que vai trabalhar para levar o seu partido, o PMDB, para uma aliança com o PSB, partido do governador Ricardo Coutinho.

“Eu demorei muito a dar apoio ao Governo, mas hoje eu estou na base pelo pedido do meu próprio partido, hoje eu tenho um compromisso com o governador, com Gervásio, com Veneziano e vou acompanhar esse grupo que torce pelo Governo. Tenho respeito pelos outros partidos e pelas outras candidaturas, mas há um determinado momento que você pode ir até um certo limite. Tenho respeito por qualquer candidatura. Porém, há limites nas amizades e você não pode misturar amizade com a questão política. Vou trabalhar ao lado de Zé Maranhão, ao lado de todos os amigos para que essa aliança seja consolidada, não vou mudar de postura por interesse de A, B ou C. Já tomei a decisão”.
Sobre o nome de João Azevedo como candidato do PSB à Prefeitura de João Pessoa, Trocolli destacou que Azevedo tem condições para gerir João Pessoa também, é um nome forte porque conhece a cidade mas que não puxa a sardinha para nenhum lado.


Perguntado sobre se sua posição deixa de lado o companheiro de partido, Manoel Júnior, que também concorrerá à Prefeitura de João Pessoa pelo PMDB, Trocolli disse que, “não tem abandono, a política é muito dinâmica, mas eu só vou fincar o pé para ter um posicionamento de 100% no dia 30 de junho. Vou articular para que as alianças sejam consolidadas entre PMDB e PSB”.
Trocolli disse que terá uma conversa com o líder estadual do partido, José Maranhão. “Vamos conversar com Maranhão, ele volta de viagem essa semana, para colocar a nossa postura, que é a união entre PSB e PMDB. Espero que ele caminhe para essa orientação, porque quem mais pediu essa aliança foi ele próprio. Meu posicionamento hoje é esse, até o dia 30 de junho muita coisa acontece. Eu torço pelo bem, quero que ele (Manoel Júnior) seja feliz. Mas a política é muito perspicaz, hoje é uma coisa amanha é outra e todo mundo pode conversar com todo mundo. Polítoca é a arte de dialogar, sobre projetos, sobre um futuro melhor. Eu torço pela Paraíba”, frisou.


Candidatura em Cabedelo
Em relação à uma possível candidatura de Trocolli à Prefeitura de Cabedelo esse ano, ele disse que, “vou está no banco de reservas nessa eleição, vou aguardar para daqui a três anos saber que rumo tomar”.
 

Retorno dos trabalhos na Casa de Epitácio Pessoa
Trocolli revelou que o governador Ricardo Coutinho estará na reabertura do ano legislativo na Assembleia na próxima terça-feira, 2. “Ele vai discursar para os deputados e para a imprensa. Será uma avaliação profunda dos números e das finanças do Estado da Paraíba”.
Ele aproveitou a oportunidade para comentar sobre a crise econômica. Para ele, os problemas aumentaram por falta de recursos para o Estado. “Isso, infelizmente, ninguém pode fugir. No dia 2 de fevereiro, mostra ao povo paraibano e ao funcionalismo que o Estado perdeu muito em 2015 e que não poderia se comprometer com nenhum tipo de adendo porque não iria pagar, não poderia”. Enfatizou o deputado.
 

O secretário disse ainda que o Estado da Paraíba é o único que está pagando dentro do mês trabalhado, mesmo com a crise. “Eu quero dizer da crise econômica que o país enfrenta, que é um desgaste mas nós temos tempo para reverter esse quadro, buscando soluções de negócios para a Paraíba, o Governo está tomando as providências para voltar ao crescimento. A realidade está posta, não adianta fugir.
Inclusive, o governador tem evitado viagens à Brasília para economizar, por conta da crise que vive a Paraíba e o Brasil. É preciso que o Governo Federal mude a economia a nível Brasil para que os Estados e Municípios possam crescer. O Partido dos Trabalhadores quebrou a economia do País”, finalizou.
Share this article :

0 comentários:

Speak up your mind

Tell us what you're thinking... !

 
Support : A2 Comunicação Visual | Dinho Andrade
Agência Digital A2 Comunicação Visual
Copyright © 2016. Gil Costa em Ação - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Dinho Andrade