Médico é diagnosticado com leucemia e familiares realizam campanha - Gil Costa em Ação
ÚLTIMAS NOTÍCIAS :
Home » , » Médico é diagnosticado com leucemia e familiares realizam campanha

Médico é diagnosticado com leucemia e familiares realizam campanha

Escrito por: gilberlania costa on terça-feira, 26 de dezembro de 2017 | 11:16:00


O médico ginecologista e mastologista de Campina Grande, Salviano de Brito Neto, foi diagnosticado há poucos meses com leucemia mielóide aguda, um o tipo agressivo da doença que só dá possibilidade real de chances de cura, através do transplante de medula.

Foram realizados testes entre os familiares e ninguém foi compatível com o médico. Por isso, eles se mobilizaram, principalmente nas redes sociais, para chamar pessoas a se cadastrarem no REDOME, que é o banco mundial de doadores de medula óssea, e fazer o teste de compatibilidade.

– Estamos tentando de todas as formas, principalmente pelas redes sociais, campanhas com cartazes, entrando em contato com pessoas tentando mobilhar para fazer esse cadastro – disse Daniel Wanderley, sobrinho do médico.

Salviano tem 57 anos e foi diagnosticado com o câncer no último mês de outubro. Desde então, está internado no hospital da Beneficência Portuguesa, em São Paulo, onde passou por sete sessões de quimioterapia.

Com isso a imunidade do médico caiu bastante, como explicou a irmã dele, Andréa Gaudêncio de Brito.

– Ele ainda está no hospital e vai ficar lá até que as taxas normalizem. Mas o caso dele é grave, e só fica curado se fizer o transplante de medula óssea – disse.

O dia D da campanha aconteceu no dia 22 de dezembro, mas as pessoas que queiram ser voluntários, basta se dirigir ao Hemocentro de Campina Grande e realizar o exame de compatibilidade.

– É parecido com exame de rotina. São apenas cinco ml de sangue. Os dados pessoais são preenchidos e entram no banco de prováveis doadores. Estes ficam à disposição dos hospitais que trabalham com transplante de medula e se acharem alguém compatível com algum paciente, seja em qual lugar do mundo, essa pessoa é chamada para realizar o procedimento de doação de medula – explicou a diretora do hemocentro, Elilia Pombo.

O Hemocentro de Campina Grande fica aberto de segunda a sexta-feira, das 08 às 18h, e aos sábados das 8h ao meio dia.


Paraiba Online
Share this article :

0 comentários:

Speak up your mind

Tell us what you're thinking... !

 
Support : A2 Comunicação Visual | Dinho Andrade
Agência Digital A2 Comunicação Visual
Copyright © 2016. Gil Costa em Ação - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Dinho Andrade