Pastoral busca parcerias para implantar sede em comunidade carente de Pilar - Gil Costa em Ação
ÚLTIMAS NOTÍCIAS :
Home » , , » Pastoral busca parcerias para implantar sede em comunidade carente de Pilar

Pastoral busca parcerias para implantar sede em comunidade carente de Pilar

Escrito por: gilberlania costa on terça-feira, 23 de fevereiro de 2016 | 09:07:00


No município de Pilar, a Pastoral da Criança foi fundada pelas irmãs Assunção do Canadá, já se passaram vinte anos. Sua atual coordenadora é Josenilda da Silva Chagas, que também responde pela coordenação paroquial da Paróquia Nsrª do Pilar.

A pastoral da Criança no município, atualmente desenvolve suas ações em três comunidades, sendo uma na zona rural e duas na zona urbana. Na zona rural, atua no distrito de Curimataú, tendo como voluntaria a Agente de Saúde Ana Germana. Na área urbana, tem suas ações centradas na comunidade da capela Santo Antônio e Comunidade da Barragem, atendendo cerca de cinquenta e cinco famílias e sessenta crianças. Segundo Nilda Chagas, o número de crianças atendidas não chega nem a 7% do percentual a ser alcançado com o acompanhamento a ser feito pela paróquia da cidade. No que tange ao número baixo, Nilda atribui o fato à falta de voluntários e falta de parcerias com os setores públicos.

De acordo com Nilda Chagas, a Pastoral da Criança em Pilar hoje, com exceção da equipe de voluntários, conta apenas com quatro colaboradores assíduos, além de uma pequena ajuda de custo para as ações básicas de saúde doada pela Pastoral Nacional da Criança.  “A base da Pastoral é o voluntariado, sem ele fica quase inviável o acompanhamento das famílias”, ressalta. Conforme Nilda, todos os dados coletados nas visitas domiciliares como acompanhamento de gestantes, monitoramento do estado nutricional bem como cronograma vacinal da criança atendida, não ficam parados. Os dados coletados são enviados pela paróquia local para uma base de dados da equipe diocesana, que em seguida  repassa para a Coordenação Nacional e que por sua vez é repassada para o Ministério da Saúde.

“Anos antes, tínhamos como eixo principal as ações de combate à desnutrição infantil. Com o passar do tempo, levando em conta os fatores socioeconômicos, mudamos um pouco de foco. Estamos priorizando nossas ações em torno do combate à obesidade infantil. Inclusive, a nossa meta neste ano de 2016, é procurar intervir numa das comunidades mais carentes da nossa cidade que também sofre com esse agravante, que é a comunidade do Cangote do Urubú em Pilar, Precisamos de parcerias para viabilizar uma sede naquela comunidade”, ressalta.

“Considero a Pastoral da Criança uma verdadeira terapia, pois como gosto muito de conversar com as pessoas, conhecer de perto seus sonhos seus dilemas, suas estórias, essas visitas são uma troca muito rica, pois faz com que os nossos problemas se tornem pequenos, tendo em vista os problemas que encontramos em cada visita, e você saber que de alguma forma estar dando sua contribuição para o bem estar daquela família, é muito gratificante”, finaliza.


Blog do Evanio Teixeira
Share this article :

0 comentários:

Speak up your mind

Tell us what you're thinking... !

 
Support : A2 Comunicação Visual | Dinho Andrade
Agência Digital A2 Comunicação Visual
Copyright © 2016. Gil Costa em Ação - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Dinho Andrade