Doente mental confessa ter matado o garoto Éverton e é assassinado pelo padrasto dentro do presídio - Gil Costa em Ação
ÚLTIMAS NOTÍCIAS :
Home » , » Doente mental confessa ter matado o garoto Éverton e é assassinado pelo padrasto dentro do presídio

Doente mental confessa ter matado o garoto Éverton e é assassinado pelo padrasto dentro do presídio

Escrito por: gilberlania costa on sexta-feira, 16 de outubro de 2015 | 08:16:00



Na madrugada desta sexta-feira (16) João Batista Alves de Souza, o Batista, um dos quatro que estavam presos suspeitos do assassinato do pequeno Everton Siqueira, confessou a autoria do crime e acabou assassinado.

Batista era conhecido em Sumé por ser um doente mental e foi acusado de está presente na cena em que foi encontrado o menino Everton. Ele estava preso no PB1 desde a quinta-feira quando havia sido transferido da Cadeia Publica de Monteiro para o presidio em João Pessoa.

Após confessar o crime Batista foi assassinado pelo padrasto da criança, Daniel Ferreira dos Santos, que revoltado enforcou Batista com a camisa.
Share this article :

0 comentários:

Speak up your mind

Tell us what you're thinking... !

 
Support : A2 Comunicação Visual | Dinho Andrade
Agência Digital A2 Comunicação Visual
Copyright © 2016. Gil Costa em Ação - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Dinho Andrade